Entrar
A urgência da transformação digital

A urgência da transformação digital

24/09/2020 | Gabriela Vasconcelos

A tecnologia facilita a vida das pessoas e das empresas e isso não é novidade. Entretanto, em tempos de Covid-19, o valor da inovação se mostrou ainda maior. O trabalho remoto e as entregas a domicílio são as principais saídas para as corporações manterem os negócios. Esse tipo de atividade demanda ferramentas avançadas.

Faturamento

A aposta em transformação digital gera um aumento de 92% no faturamento em vendas. É o resultado de estudo desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo - SBVC em parceria com o Oasis Lab Innovation SpacePara as organizações entrevistadas, a ação garante um diferencial competitivo no mercado.

Os recursos tecnológicos são uma saída para proporcionar mais independência aos clientes. Além disso, diminuem despesas operacionais e facilitam a manutenção. Dessa maneira, tanto a vida o usuário quanto a dos empresários fica mais fácil. “O mundo está mudando. A forma de se comunicar também. As companhias agora fazem contato com o consumidor por meio do WhatsApp, permitem customizações em seus produtos e serviços mas, muitas vezes, ainda solicitam assinaturas físicas em seus contratos. Oferecer a possibilidade de rubricar virtualmente um arquivo é completar uma experiência moderna, flexível e ágil!”, explica Paula Sino, gerente da Assine Bem.

Assinatura digital

Nesse cenário, um serviço de destaque é a validação e gestão digital. A plataforma da Assine Bem é completa e permite criar padrões de textos e contratos com campos fixos e variáveis. Uma das principais vantagens é a possibilidade de coletar os dados automaticamente, levando para o sistema do usuário. Então, ela dispensa o uso de múltiplas planilhas de registro. Ainda pode ser integrada ao recurso já utilizado pela corporação. 

Por meio da criptografia, a segurança dos itens na hora da firma é garantida. Isso porque a ferramenta tranca o documento no momento da firma. Ele não poderá mais ser editado por nenhuma das partes. Portanto, é um método protegido para evitar fraudes. “Quem valida ainda pode escolher fazer o processo pelo computador ou pelo celular. Tudo a um clique de distância”, destaca a gerente. 

A crise nos obriga a pensar diferente, sair da caixa e reinventar processos. A Internet revolucionou a forma de se relacionar e, também, como fechamos novos negócios.”Com a pandemia, as organizações precisaram se adaptar. Algumas optaram por enviar contratos por Correios; portador ou, até mesmo, deixaram de regularizar as validações. Outras descobriram a facilidade dos meios a distância e passaram a enviar seus termos por links pessoais; permitindo aos consumidores a análise e validação dos contratos de qualquer lugar. Além de ser um método seguro, é sustentável e econômico!”, finaliza Paula.

Teste agora mesmo e surpreenda-se!