Entrar
Eliminar burocracia é possível com a assinatura digital

Eliminar burocracia é possível com a assinatura digital

02/06/2020 | Giovanna Cavalli

Vivemos uma realidade completamente conectada e tecnológica. Logo, a facilidade em resolver questões com a “palma da mão” em celulares ou outros dispositivos acompanham as vidas corridas, na qual, o tempo é o maior vilão. Isso impacta em diversas esferas: pessoal, profissional e, também, acadêmica. Por isso, usufruir ao máximo das ferramentas disponíveis é essencial para se despreocupar com burocracias desnecessárias. 

Automação e digitalização dos negócios

De acordo com a pesquisa da PwC (PricewaterhouseCoopers), 75% dos executivos se preocupam com a velocidade e o impacto de novas tecnologias nos negócios. Em vista disso, no relatório do Fórum Econômico Mundial foi exemplificado a importância dessa transformação para a adequação à realidade global. Então, para os próximos dois anos, é previsto a robotização ocupar 42% das atividades corporativas.

Nesse sentido, segundo o relatório da consultoria IDC, a digitalização nas grandes organizações brasileiras é de 67,5, em uma escala de 0 a 100. Os dados evidenciaram a  “mobilidade” como tópico notório, com 80. Ou seja, a viabilidade de executar as tarefas de onde quiser e com conforto. 

Ainda, conforme a pesquisa da The International Association for Contract & Commercial Management (IACCM), a automação de documentos pode melhorar a lucratividade em até 9% da receita anual. Por isso, “fazer essa gestão de maneira on-line facilita muito a rotina corrida. Além de otimizar os processos, oferece segurança e a possibilidade de acesso de qualquer lugar. Ou seja, transforma todo o controle interno da empresa. Contudo, não é exclusivo para CNPJ, é viável também para pessoas físicas. Aliás, descomplica nossas vidas”, comenta a gerente comercial da Assine Bem, Paula Sino. 

Assinatura digital: passagem para a Indústria 4.0

Pensando nisso, a assinatura digital surge como uma das principais maneiras para aprimorar padrões. “Apesar de já ter ganho grande espaço entre os empresários, muitos ainda não pararam para pensar o porquê de migrar para esse modelo. É simples: além de promover maior velocidade nos procedimentos eliminando etapas burocráticas, traz mais comodidade, é sustentável e ainda garante economia. Isso, sim, é uma transformação digital assertiva”, complementa Paula.

Ademais, os registros virtuais são garantias jurídicas para a corporação comprovar a ação de acordo com a legislação vigente. Ou seja, o gerenciamento deles também assegura a integridade da instituição. 

Desse modo, a MP 2.200-2/2001 confere amparo legal para essa prática. Logo, essa forma segue à risca os preceitos, garantindo efetividade e validade das assinaturas. Isso, sem contar a criptografia fechando a tramitação e atestando a não violação dos dados. 

Outro ponto é: boa parte do lucro de uma companhia é gasto em papel, impressão e armazenamento de registros. Algumas investem ainda com cartório, motoboys ou Correios. Para conter recursos e evitar desperdício ambiental, a digitalização surge como uma alternativa viável. Assim, todos esses custos são diminuídos em até 70%. 

Portanto, busque e entenda a melhor maneira de adotar essa medida na sua organização. Conte com a Assine Bem! Aproveite também e teste grátis a nossa plataforma de assinatura digital.