Entrar
Tecnologia auxilia negócios e profissionais a se reinventarem

Tecnologia auxilia negócios e profissionais a se reinventarem

23/07/2020 | Giovanna Cavalli

O isolamento social trouxe muitos desafios, mas também muitas oportunidades. Essa situação acabou levando os profissionais para trabalhar exclusivamente de casa. Segundo a pesquisa Hibou e da plataforma de dados Índico, 60% dos brasileiros estão trabalhando em home office no momento, dos quais 40% estão usando ferramentas de videoconferência e redes sociais para isso. Entenda melhor sobre o assunto!

Nossas necessidades apontam para novas tendências

Assim, essa nova realidade impulsionou muitos trabalhadores a se reinventarem de maneira digital. Logo, utilizando aplicativos de videoconferência e ferramentas on-line para manter seus negócios ativos. Isso é, tendo a inovação e criatividade como fortes aliadas.

Para Amilcar Scheffer, diretor da Unidade de Redes da Intelbras, indústria brasileira desenvolvedora de tecnologias, graças às redes, responsáveis pela Internet, nos conectamos. Com isso, pela web “conseguimos realizar lives, videochamadas e conversar com clientes utilizando aplicativos como o Zoom, Google Meet, Microsoft Teams, entre outros”, explica.

Nesse sentido, a high tech passou a ser necessidade para empreendimentos e até trabalhadores autônomos.  Ou seja, otimizar e automatizar processos tornou-se repentinamente um fator determinante para a continuidade das transações. 

Para a gerente comercial da Assine Bem, Paula Sino, os gestores antes receosos com o uso do universo virtual, hoje, dadas as circunstâncias, tiveram de se adaptar a ele. “Apesar da facilidade, alguns empresários ainda optavam por solicitar a assinatura manual de alguns arquivos, por exemplo, elevando seu custo. Contudo, o uso da assinatura digital é uma de suas primeiras escolhas, atualmente. Além de ser um dos meios mais seguros, pois utiliza etapas de validação para identificar os signatários e a criptografia para evitar fraudes nos documentos rubricados. Ainda, o gasto é até 70% menor, se comparado ao envio por portador”, analisa.

Automação é o “novo normal”

Ademais, de acordo com a pesquisa da The International Association for Contract & Commercial Management (IACCM), esse tipo de automação pode melhorar a lucratividade em até 9% da receita anual. Logo, essa é uma estratégia para aumentar a produtividade, diminuir os custos e, nesse momento turbulento, sobreviver no mercado.

Diante da quarentena, estamos vivendo ainda mais uma realidade completamente conectada e tecnológica. Por isso, a facilidade em resolver demandas diárias na “palma da mão”, por meio de celulares ou outros dispositivos já acompanha as rotinas de todos. Isso tem impactado diversas esferas, tanto pessoal, quanto profissional e até acadêmica. Então, disponha ao máximo das ferramentas disponíveis para se despreocupar com burocracias desnecessárias e fazer os planos continuarem. 

Portanto, alinhe-se às necessidades do “novo normal” e entenda a melhor maneira de modernizar a sua organização. Aproveite também e teste grátis a nossa plataforma de assinatura digital. Conte com a Assine Bem!